Likishi
0
Likishi Kayipu/Kahipu (Luvale/Luchanzi)

Manuel Jordàn

Tradução livre do Maganza Lekwandanxi, Erick Munhoz, de Lemba, Coordenador de Conteúdo e Midias Sociais do ILABANTU/Nzo Tumbansi

Descrição

Possui um cocar enorme, com desenhos decorativos e simbólicos na frente e muitas penas cobrindo a parte de trás. A máscara é feita a partir de materiais efêmeros. Tem o rosto antropomórfico com a boca exagerada, nariz, olhos e bochechas, muitas vezes destacadas em vermelho.

Tem penas brancas, uma estatueta, ou pequeno painel decorativo saindo da parte superior da cabeça, na frente do cocar. No geral veste fibra/ traje de algodão. Usa um cobertor ou malha como saia. Mantém uma lança ou faca / espada (mukwale) para o sacrifício animal . Continue Reading

cachorros-cultura-bakongo
0
Cães no mundo espiritual Bakongo

James E. Johannes

Tradução livre do Maganza Lekwandanxi, Erick Munhoz, de Lemba, Coordenador de Conteúdo e Mídias Sociais do ILABANTU/Nzo Tumbansi 

O mundo espiritual do povo bakongo inclui seus cães. Para entender como eles são incorporados nas crenças e práticas deste povo, segue algumas informações.

A mítica bakongo vê o mundo dividido em “este mundo” (nza yahi) e “a terra dos mortos” (Nsi a bafwa). A terra dos mortos pode ser na floresta, no subterrâneo, no cemitério, ou através de uma porção de água (ou seja, rio, lagoas, minas), que é ao mesmo tempo uma passagem e barreira entre a terra dos vivos e dos mortos. Continue Reading

0
Kimpa Vita, heroína do povo Bakongo

Pesquisa de Tuzolona Cia, Angolano de Mbaza Kongo, residente em Paris/França

Uma das primeiras mulheres africanas a lutar contra o domínio europeu na África durante o período colonial e expor o racismo e a misoginia na igreja católica, fundou o primeiro movimento negro cristão na África Subsaariana.

kimpa_vita
Continue Reading

Bakama01
0
Bakama: Uma instituição secreta na cultura cabindense

Pesquisa do Maganza Lekwandanxi, Erick Munhoz, de Lemba, Coordenador de Conteúdo e Midias Sociais do ILABANTU/Nzo Tumbansi

“Cabinda é uma região onde o modernismo e o tradicional estão longe de se confundirem. No enclave, a tradição impõe-se nos momentos devidos. Tchizo, uma aldeia situada no morro, com o mesmo nome, é uma localidade de referência obrigatória na tradição dos cabindas, pelo menos para os residentes na sede capital da província.

No Tchizo, a tradição cumpre-se à risca conforme os preceitos legados pelos antepassados. A transgressão às regras costumeiras nessa região, implica a aplicação de rigorosa sanção. A par das aldeias do Ngoio, Povo-Grande, Chinzázi e Susso, Tchizo conta também com a presença dos bakama, um dos mais notáveis símbolos da cultura Cabinda. Continue Reading

hamba1
0
Hamba: Espírito Ancestral

Pesquisa do Maganza Lekwandanxi, Erick Munhoz, de Lemba, Coordenador de Conteúdo e Midias Sociais do ILABANTU/Nzo Tumbansi

O hamba (pl.  mahamba) é um espírito ancestral ou da natureza a quem se dedica um culto.Os mahamba são representados por árvores, pedaços de termiteiras, estatuetas intencionalmente simplificadas, e por máscaras.  As orações, ofertas e sacrifícios são enviados aos espíritos através destas representações simbólicas, a fim de garantir a sua proteção no dia -a-dia e de os apaziguar se estiverem  pela  negligência   de  um adepto, ou  por  uma  disputa  entre os seus descendentes ou por alguma falha na observação de um ato de homenagem. Continue Reading

< 1 2 3 4 5 >